Notícias
Pres. da Câmara, Lucivaldo convida Saneago para esclarecer dúvidas sobre a água de Rio Verde
08-12-2017

Após a polêmica que surgiu nas redes sociais, onde surgiram boatos de que a água de Rio Verde estaria contaminada, causando câncer na população, o presidente da Câmara Municipal de Rio Verde, vereador Lucivaldo Medeiros, recebeu na manhã desta sexta-feira, 8 de dezembro, diretores e a equipe técnica da Saneago para esclarecer dúvidas sobre a qualidade da água do município.

Trazer os técnicos na Câmara, explica o presidente, demonstra a preocupação do legislativo com a questão, ao mesmo tempo em que dá a oportunidade para a Saneago apresentar seus estudos feitos sobre a água distribuída aos rio-verdenses. 

Convidada a falar, a bióloga do Setor de Controle de Qualidade da Saneago em Goiânia, Maura Francisca, explicou que a água de Rio Verde é monitorada pela empresa todos os dias e que a mesma ainda passa por análise todos os meses.

Esse monitoramento, disse ela, é previsto na Resolução 357 do Conselho Nacional de Meio Ambiente - CONAMA e a Portaria 2914/2011, que visam a qualidade da água que vai para as casas da população.

Ainda segundo a bióloga, a água é captada nos córregos, rio, ribeirões e nascentes, e posteriormente é feita a análise físico-química e microbiológica. Os testes são feitos todos os meses e os resultados saem a cada semestre.

Durante a reunião, Maura apresentou os dados coletados do monitoramento de substâncias orgânicas no período entre 2015 e 2017, tirados de dois pontos do município: Córrego das Lajes e Ribeirão Abóbora.

Gerente da Saneago de Rio Verde, Carlos Magno, afirmou que as análises sempre aconteceram no município, com equipamentos de primeiro mundo. “Até hoje nós não encontramos nenhuma anomalia na água do município”, garantiu ele.

Também presentes na reunião, o diretor da Saneago Rio Verde, Evânio Silva, a bióloga local Eliete Ribeiro e vários outros técnicos da Saneago. Ao final da reunião, o presidente Lucivaldo Medeiros destacou a importância da iniciativa. “Nós, vereadores, mais uma vez fizemos a nossa parte. Corremos atrás das informações, de provas concretas e estamos de consciência tranquila. Esse é o nosso trabalho”.


Confira abaixo os resultado de análises de substâncias orgânicas da água de Rio Verde:

Córrego das Lajes

Ribeirão Abóbora

 

 



Voltar





Central de Atendimento
Av. José Walter, Qd. 24, Residencial Interlagos. Caixa Postal: 310 CEP 75908-740.
PABX: (64) 3611-5900
atendimeto@camararioverde.com.br
Horário de Atendimento
De segunda à sexta-feira
Das 08:00 às 11:00 horas e
das 13:00 às 17:00 horas
Redes Sociais
Acesso ao WebMail
Todos Direitos Reservados a Câmara Municipal de Rio Verde