História de Rio Verde

A ocupação do sudoeste Goiano se deu no inicio do Século XIX com a isenção de pagamento de impostos por 10 anos pela Lei nº11 para criadores de gado bovino e eqüino na região sul de Goiás. Por volta do ano de 1840, chegam a região de Rio Verde José Rodrigues de Mendonça, sua esposa, Florentina Cláudia de São Bernardo e filhos se estabeleceram a seis léguas de Rio Verde, no que viria a ser a Fazenda São Tomaz.

Em 25 de agosto de 1846, José Rodrigues e sua mulher doaram sete sesmarias de Suas terras para o patrimônio da igreja e construção de uma capela em louvor a Nossa Senhora das Dores, A partir daí, surgiu o Arraial de Nossa Senhora das Dores do Rio Verde. Em cinco de agosto de 1848, através da Lei Provincial, a Vila foi elevada à categoria de Distrito de Rio Verde. De acordo com a Lei nº 08 de seis de novembro de 1854, o povoado de Dores do Rio Verde foi elevado à categoria de Vila.

O grande marco de arrancada para o desenvolvimento aconteceu na década de 1970. Com a abertura dos cerrados à agricultura e a chegada das estradas pavimentadas que a ligam a Goiânia e Itumbiara, a agricultura começou a florescer e atraiu produtores do sul e do sudeste do país. Também vieram agricultores americanos que fundaram uma colônia. Todos eles trouxeram maquinários, tecnologias, recursos e experiências que transformaram o município em um dos maiores produtores de grãos de Goiás e um dos destaques do país.

No recente crescimento do agronegócio brasileiro, a cidade de Rio Verde tem se destacado, por contar com uma importante cooperativa agrícola e com importantes unidades industriais que agregam valor à sua produção agrícola. É produtor de arroz, soja, milho, algodão, sorgo, feijão, girassol e vem se destacando na cultura de tomate. Conta ainda com importante plantel bovino, avícola e suíno. O turismo local se baseia em feiras e eventos ligados ao agro-negócio, ecoturismo, rodeios e recepção de turismo de negócios. 

Cada vez mais o município é atrativo para novas empresas e grandes indústrias sem abandonar a atividade que deu início à sua história de sucesso: a agropecuária, cada vez mais moderna e tecnificada. Atualmente, Rio Verde é mais do que uma grande cidade de Goiás, é um pólo econômico que cresce junto com o Brasil. 

Fotos: ASCOM/PMRV







Central de Atendimento
Av. José Walter, Qd. 24, Residencial Interlagos. Caixa Postal: 310 CEP 75908-740.
PABX: (64) 3611-5900
atendimeto@camararioverde.com.br
Horário de Atendimento
De segunda à sexta-feira
Das 08:00 às 11:00 horas e
das 13:00 às 17:00 horas
Redes Sociais
Acesso ao WebMail
Todos Direitos Reservados a Câmara Municipal de Rio Verde